/ / / / / / / / / / / / / /      Anais Digitais      / / / / / / / / / / / / / /

  Voltar para a lista
 
  Título
Audiovisual gaúcho: convergências entre cinema e televisão
Autor
Fatimarlei Lunardelli
Resumo Expandido
O estudo de caso da Okna Produções, empresa criada em 2006 para atuação diversificada no mercado do audiovisual, integra a pesquisa desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul intitulado Convergências entre Imagens Audiovisuais: Marcas Narrativas, Estéticas e Mercadológicas no Cinema Gaúcho, coordenado pela Profa. Dra. Miriam de Souza Rossini. Desde o final dos anos 90 opera-se uma transformação no perfil da grade de programação da televisão regional, especialmente da RBS TV, ligada à Rede Globo. Através do Núcleo de Especiais, que completa dez anos de atuação em 2010, abriu-se espaço significativo para a teledramaturgia. A emergência desse projeto televisivo, que busca formatos e temáticas que possam atender às demandas de mercado por produção audiovisual diversificada, alterou o cenário cinematográfico regional.

O tensionamento é permanente, configurando temáticas e discursos. A empresa está voltada para resultados, mas o cinema também é invenção. Como a televisão e o cinema se relacionam nesse cenário? Como a televisão influencia o cinema? Como o mercado audiovisual reage à demanda de produtos da televisão? São questões que orientam a investigação sobre esse novo cenário, impactado pelas novas tecnologias e também pela chegada ao campo profissional de uma nova geração, formada nos cursos de audiovisual de nível superior criados no Rio Grande do Sul na última década.

Orientada pelo conceito de convergências, a pesquisa investiga as marcas estéticas e narrativas dessas transformações de mercado. A partir dos Estudos Culturais, interpreta os produtos considerando o contexto no qual estão inseridos, entendendo que esta é uma relação indissociável. Como exemplo das transversalidades entre cinema e televisão, três produções audiovisuais da produtora Okna são abordadas: O Louco (2007, 29’, dir. Fabiano de Souza) é um episódio da série Escritores concebido para também transformar-se em longa-metragem a ser lançado no circuito exibidor de salas de cinema; Penalidade Máxima (2007, 15’, dir. Lisiane Coehn) é um curta-metragem do projeto Histórias Curtas, realizado pela emissora de televisão e Tratado de Liligrafia (2009, 19’, dir. Frederico Pinto) é um curta-metragem do mercado cinematográfico comprado pela televisão para ser exibido em sua grade de programação.

A partir da análise dos três produtos procura-se refletir sobre as questões econômicas, políticas e sociais envolvidas na produção audiovisual contemporânea do Rio Grande do Sul e seus reflexos sobre a estética e a temática dos produtos, investigando os interesses convergentes e divergentes entre cinema e televisão.

Bibliografia

BECKER, Tuio (org.). Cinema no Rio Grande do Sul. PoA: Unidade Editorial, 1995.

BERTINI, Alfredo. A Economia da Cultura: A Indústria do Entretenimento e o Audiovisual no Brasil. SP: Saraiva, 2008.

BUTCHER, Pedro. Cinema brasileiro hoje. SP: Publifolha, 2005

DUARTE, Elizabeth B. e CASTRO, Maria L. D. (org) Núcleo de Especiais RBSTV: Ficção e documentário regional. PoA: Sulina, 2009.

GATTI, André Piero. Distribuição e exibição na indústria cinematográfica brasileira (1993-2003). Tese. (Doutorado). Campinas: Unicamp, 2005.

GERBASE, Carlos e GUTFREIND, Cristiane F. (org.). Cinema gaúcho: diversidades e inovações. PoA: Sulina, 2009.

HINERASKY, Daniela A. O Pampa virou cidade: um estudo sobre a identidade cultural nas produções de teledramaturgia da RBS TV. Mestrado. (Dissertação). PoA, UFRGS, 2004.

ROSSINI, Miriam de Souza. Teixeirinha e o cinema gaúcho. PoA: Fumproarte, 1996.

TURNER, Graeme. Cinema como prática social. SP: Summus, 1997.