/ / / / / / / / / / / / / /      Anais Digitais      / / / / / / / / / / / / / /

  Voltar para a lista
 
  Título
A música no cinema e a abordagem de Annabel J. Cohen
Autor
Suzana Reck Miranda
Resumo Expandido
Esta proposta integra uma pesquisa mais ampla intitulada “Cinema e Música: expansão do campo teórico”, financiada pelo CNPq (Edital Nº 14/2010 – Universal), que investiga diferentes abordagens dos Estudos da Música no Cinema. Partindo da noção de unheard melodies, de Claudia Gorbman, seus desdobramentos e as críticas que recebeu de outros autores, a pesquisa objetiva ampliar e contextualizar a discussão sobre o caráter híbrido e multidisciplinar área. Os resultados têm sido parcialmente expostos nos Encontros da Socine e em outros espaços de reflexão.



O recorte desta comunicação centra-se na contribuição dos estudos de Annabel J. Cohen, alinhados à Psicologia Cognitiva, e suas possíveis relações com pressupostos teóricos de Claudia Gorbman. Seu extenso trabalho envolve pesquisas quantitativas e qualitativas sobre a influência da música na interpretação das imagens. Suas explicações sustentam-se em relações que envolvem, de formas variadas, o que Cohen denominou de congruência e incongruência (entre possíveis conceitos comunicados pelas informações musicais e visuais). Os resultados apontam a contribuição da música no cinema como geradora de significados, de operações da memória e na constituição da diegese.



Entre as hipóteses de Cohen, destaca-se a de que ouvir música envolve atividades mentais complexas, que ultrapassam aquelas que cercam o processamento das imagens e da fala, abarcando o que ela descreve como ‘estágios primários da percepção’. Tal concepção leva em conta que a experiência fílmica resulta de múltiplas associações geradas em diferentes níveis. Os modos como estes níveis operam são mapeados e englobam exemplos que empiricamente sustentam certos postulados de Gorbman sobre o uso tradicional da música no cinema narrativo clássico, conforme será explicitado.

Bibliografia

COHEN, Annabel .J. “Film music: Perspectives from cognitive psychology”. In J. BUHLER, C. FLINN, & D. NEUMEYER (Eds.). Music and cinema. Hanover, NH: Wesleyan University, 2000, pp. 360-377.

_________________ “Music as a source of emotion in film.” In P. JUSLIN & J. SLOBODA (Eds.) Music and Emotion: Theory and Research. Oxford: Oxford University Press, 2001, pp. 249-272.



_________________ “Music Cognition and the Cognitive Psychology of Film Structure”. In Canadian Psychology, v.43(4), November 2002, pp. 215–232.



_________________ “How music influences the interpretation of film and video: Approaches from experimental psychology”. In R. KENDALL & R. SAVAGE (Eds.). Perspectives in Systematic Musicology. Los Angeles: University of California, 2005, pp. 15-36.



GORBMAN, Claudia. Unheard Melodies - Narrative Film Music. Bloomington: Indiana University Press, 1987.