/ / / / / / / / / / / / / /      Anais Digitais      / / / / / / / / / / / / / /

  Voltar para a lista
 
  Título
Mercado audiovisual gaúcho na perspectiva dos profissionais
Autor
Miriam de Souza Rossini
Coautor
Fatimarlei Lunardelli
Resumo Expandido
Esta apresentação finaliza as discussões feitas neste seminário, quando foram apresentadas as características temáticas e de produção de dois programas televisivos veiculados na RBS TV: Histórias Curtas e Curtas Gaúchos (em 2010), e as dificuldades de produção para a grade televisiva a partir da categoria duração (em 2011). A intenção agora é explorar as entrevistas realizadas ao longo de 2011 e que ampliaram as perspectivas de compreensão desse processo de produzir para o cinema e a televisão.

As entrevistas foram realizadas em conjunto com os membros da equipe: os alunos do curso de Comunicação da Fabico, Álvaro Bernardes (PIBIC-UFRGS) e Júlia Zortéa (BIC-CNPq), e a mestranda do PPGCOM Ana Maria Acker. Os entrevistados foram escolhidos entre aqueles que tivessem participado tanto de edições anteriores do Histórias Curtas (Edital da RBS), quanto do Curta Gaúchos (filmes escolhidos entre os realizados no Estado para serem exibidos na grade da TV). Procuramos mesclar profissionais mais antigos no mercado e outros mais novos para ter um panorama que também é geracional. Também entrevistamos o diretor do Núcleo, para ter uma visão desde dentro da RBS.

Foram entrevistados roteiristas, diretores, documentaristas, diretores de fotografia, som e arte, produtores, e editores: Claudinho Pereira, Boca Migotto (roteiro e direção), Rene Goia Filho, André Costantin (roteiro, documentário e edição) e Vicente Moreno (roteiro, direção e edição); Pablo Chasseraux e Juliano Lopes (direção de fotografia); Gabriela Bervian (desenho de som); Eduardo Antunes (direção de arte); Jéssica Luz (produção) e Alfredo Barros (edição), além do diretor do Núcleo de Especiais, Gilberto Perin.

A partir das falas desses profissionais, foi possível traçar tanto um panorama do funcionamento do mercado audiovisual gaúcho hoje, quanto dos embates (ou nem tanto!) de modelos estéticos e narrativos que se cruzam entre a produção para cinema e televisão. Se a questão geracional não foi a mais forte, quando se pensa nas possibilidades do trânsito, os condicionamentos de um mercado fora do eixo RJ-SP, que ao mesmo tempo expande o sistema de formação dos seus profissionais, mas sem expandir as bases de financiamentos ou de demanda da produção audiovisual, faz com que aspectos próprios apareçam, e que podem ser encontrados em outras épocas do desenvolvimento do nosso mercado.

Talvez, a problematização que surge seja menos de pensar em procedimentos novos propiciados pelas convergências tecnológica e de produção, e mais em atualizações de práticas já existentes no Rio Grande do Sul, e que encontraram, agora, outras formas de se desenvolver. Discutir essas práticas, a partir das entrevistas, é perceber que não há um modelo único que possa ser usado como parâmetro de tal discussão, e que reconhecer as realidades próprias de cada mercado audiovisual significa a possibilidade, inclusive, de propor políticas públicas mais eficazes.
Bibliografia

BRITTOS, Valério; LUZ, Jéssica do Vale. O sistema de produção de teledramaturgia na RBS TV. Revista Famecos, Porto Alegre, n. 39, agosto, 2009.

DUARTE, Elizabeth Bastos; CASTRO, Maria Lília Dias de (orgs.). Núcleo de Especiais RBS TV: ficção e documentário regional. Porto Alegre: Sulina: 2009.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2008

MACHADO, Arlindo. A televisão levada a sério. 4a. ed. São Paulo: Senac, 2005.

ROSSINI, Miriam de Souza. Traduções audiovisuais: múltiplos contatos entre cinema e tevê. In: SILVA, Alexandre Rocha; ROSSINI, Miriam de Souza (orgs.). Do audiovisual às audiovisualidades. Convergência e dispersão nas mídias. Porto Alegre: Asterisco, 2008, p.9-43.

ROSSINI, Miriam de Souza. Convergência tecnológica e os novos formatos híbridos de produtos audiovisuais. In: DUARTE, Elizabeth Bastos; CASTRO, Maria Lilia de. Comunicação Audiovisual - Gêneros e Formatos Audiovisuais. Porto Alegre: Sulina, 2007, p.165-181.