/ / / / / / / / / / / / / /      Anais Digitais      / / / / / / / / / / / / / /

  Voltar para a lista
 
  Título
Eventualidades: acontecimentos audiovisuais em tempo real
Autor
Marcus Vinicius Fainer Bastos
Resumo Expandido
Os acontecimentos em tempo real assumiram uma importância maior na sociedade atual, conforme as tecnologias em rede permitem que as pessoas publiquem, comentem e compartilhem informações de maneira quase imediata. Ambientes como redes sociais e sistemas de auto-publicação comportam-se conforme configurações customizadas, que os torna específicos daquele usuário em particular. A localização de acesso, combinada a estes parâmetros individuais, resultam em atualizações únicas. Por isso, são tecnologias não apenas acessadas em tempo real, mas que manifestam uma determinada configuração apenas naquele momento e contexto específico. Isto se aplica a todas as formas de comunicação em rede, ainda que particularidades de fotos, sons ou vídeos resultam em sistemas com características próprias conforme sua ênfase (seja hospedar coleções de posts, compartilhar conjuntos de imagem, ou administrar clipes e playlists). Como na famosa frase de Heráclito, seria possível dizer que ninguém acessa a mesma página de Facebook, Twitter, YouTube ou Pininteres duas vezes.



O objetivo deste artigo é discutir como estas plataformas em tempo real estão afetando a linguagem audiovisual, tanto em termos de filmagem quanto edição. A distribuição também poderia ser um tema, mas não será abordada no momento, já que o foco deste texto é o processo de desenvolvimento de unidades de filmagem de baixo custo ou interfaces de edição, usadas principalmente em performances ao vivo criadas a partir do improviso ou da recriação de situações dramatúrgicas previamente roteirizadas. Nos projetos apresentados, vários aspectos da criação de imagens em tempo real serão abordados, de procedimentos generativos à modificação de roteiros ou partituras afetados por dados ao vivo ou participação do público. Ainda que os aspectos tecnológicos sejam cruciais para este tipo de experiência, eles não serão tidos como determinantes. Em uma sociedade exageradamente definida pelos dispositivos e aplicativos que usa, o experimentalismo pode ser tomado como um espaço para examinar perspectivas alternativas.



Em termos de estrutura, o texto será divido em duas partes distintas, mas interrelacionadas: uma discussão conceitual sobre conceitos como evento, situação, construída, acontecimento, heterotopia e outros que abordam ocorridos momentâneos; e uma discussão sobre projetos desenvolvidos pelo autor do texto explorando como novas formas de filmagem e edição em tempo real mudam a linguagem audiovisual. Alguns aspectos da discussão conceitual proposta são mais amplos, e discutem o contexto cultural em que os projetos foram desenvolvidos, ao invés de temas ou aspectos específicos. Entre os trabalhos que serão apresentados estão: Cidades Visíveis, documentário em tempo real criado pelo coletivo LAT-23 usando webcams disponíveis na Internet; Tosco Street View e projetos relacionados que usam a unidade portátil de filmagem homônima, construída com quatro celulares suspensos em um carro; fluxos, composição audiovisual criada pelo coletivo Telemusik explorando relações entre imagens e sons abstratos; e Streaming Concert, homenagem a John Cage em que tecnologias como VOIP e Syphon foram usadas para permitir o improviso entre músicos presentes e remotos durante uma execução de três partituras do compositor norte-americano por ocasião de seu centenário.
Bibliografia

Bastos, Marcus; Bambozzi, Lucas; Minelli, Rodrigo (Ed.). Mediação, Tecnologia, Espaço Público. Panorama Crítico da Arte em Mídias Móveis. São Paulo: Conrad, 2010.

Bastos, Marcus. “Mundo em Tempo Real”, in Moran, Patrícia; Patrocínio, Janaina (org.). Machinima. São Paulo: Cinusp, 2011.

Bastos, Marcus. “iMaGeNoNS: sincronias entre acontecimento e narrativa”, in: Toledo, Mônica (org.). Performances da Memória. Belo Horizonte: UFMG, 2013.

Deleuze, Gilles. A imagem-tempo. São Paulo: Brasiliense, 2007.

Fechine, Yavana. Televisão e Presença. Uma abordagem semiótica da transmissão direta. São Paulo: Estação das Cores e Letras, 2008.

Flusser, Vilém (org. Rafael Cardoso). O mundo codificado: por uma filosofia do design e da comunicação. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

Galloway, Alex. “Language wants to be overlooked: on software and ideology”, in: Journal of Visual Culture. Standford: SAGE, 2006.

Salter, Chris. Entangled. Technology and The Transformation of Performance. Cambridge (MA): MIT Press,